11 Fev. 2017 // 16h15

CONCERTO CANTO E PIANO | ALBERTO PACHECO E SILAS BARBOSA

“L’INVITATION AU VOYAGE” UMA VIAGEM MUSICAL DA FRANÇA PARA O BRASIL

Sala de Exposições Temporárias | Temporary Exhibitions Room | (2€)

Alberto Pacheco e Silas Barbosa convidam o público a fazer um viagem musical da França para o Brasil, passando por Portugal. O programa deste concerto apresenta quatro momentos: 1. França: compositores franceses, 2. Portugal: compositores portugueses em francês, 3. Atlântico: compositores brasileiros em francês, 4. Brasil: compositores brasileiros que dialogaram com a música francesa.

FRANÇA: Henri Duparc L´invitation au voyage | Claude Debussy Les angelus | Gabriel Fauré Mandoline Fauré Noturno op. 33 PORTUGAL: António de Lima Fragoso Poèmes Saturniens (Paul Verlaine), Soleils couchants, Sérénade, Chanson d'Automne, Les coquillages, Triste était mon âme | Francisco de Sá Noronha Souvenir ATLÂNTICO: Almeida Prado Croquis de Israel, Villa-Lobos Lune d’octobre (In: Historiettes) | Alberto Nepomuceno Au jardin des rêves | Francisco Mignone Si vous saviez BRASIL: Lorenzo Fernandez Sonata Breve | Lorenzo Fernandes Toada para você | Ernane Braga São João Da-ra-rão (de Cinco canções nordestinas do folclore brasileiro) | Francisco Mignore Cânticos de Obaluayê


ALBERTO PACHECO é um dos mais destacados tenores e pesquisadores musicais do Brasil. Professor Adjunto da Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro, desenvolveu seu trabalho de Pós-Doutorado na Universidade Nova de Lisboa e concluiu seu Doutorado, Mestrado e Bacharelado em Canto pela UNICAMP (Universidade Estadual de Campinas). Em 1994, estreou como tenor solista junto ao Coral UNICAMP e, desde então, tem se mostrado um intérprete bastante versátil, apesar de ter se especializado no repertório do séculos XVIII e XIX. É membro fundador da Academia dos Renascidos, grupo musical que tem por objetivo executar o repertório vocal luso-brasileiro. Em 2012, foi convidado a colaborar com a gravação do CD 18th century Portuguese Love Songs do grupo inglês L'Avventura London, pelo selo Hyperion, atuando como um especialista em pronúncia e prosódia do Português Cantado. No início de 2013, foi o responsável pelo curso de Canto do Atelier du Séminaire 'Rythmes Brésiliens', realizado pelo GRMB-OMF, da universidade Paris-Sorbonne. É autor de dois livros: “O Canto Antigo Italiano” e “Castrati e outros virtuoses”, ambos publicados pela editora Annablume. Entre 2007 e 2013, realizou seu pós-doutoramento na Universidade Nova de Lisboa, CESEM, como bolsista da FCT (Fundação para a Ciência e Tecnologia de Portugal). No CESEM, ele é um dos membros fundadores do Caravelas, Núcleo de Estudos da História da Música Luso-Brasileira, onde também ocupa o cargo de coordenador/editor do Dicionário Biográfico Caravelas. Alberto Pacheco também é autor de vários artigos já publicados, ou em vias de publicação, em revistas científicas, livros e coleções de ensaios. Para além disso, várias edições críticas do repertório vocal Luso-Brasileiro, preparadas por ele, estão em fase final de revisão e publicação. Pacheco também é coordenador/editor do Dicionário Biográfico Caravelas.

Considerado um dos principais nomes da nova geração de pianistas brasileiros, SILAS BARBOSA é detentor de 18 importantes premiações em concursos de piano, dentre as quais se destacam o 1º lugar no XII Concurso Nacional Arnaldo Estrella e no VII Concurso Nacional Villa-Lobos, 2º lugar no I Festival Jovens Intérpretes de Francisco Mignone e o 3º lugar no III Concurso Internacional Grieg-Nepomuceno. Bastante ativo como solista e camerista, tem se apresentado no Brasil e em países como Espanha, Itália, Suíça e Portugal. É convidado freqüente de várias orquestras brasileiras, com destaque para as sinfônicas do Theatro Municipal do Rio de Janeiro e da Escola de Música da UFRJ. Seu vasto repertório tem um foco especial em compositores do Romantismo e Impressionismo francês e seus recitais e gravações para Rádio e TV têm recebido muitos elogios da crítica especializada. Participou de cursos de aperfeiçoamento em vários Festivais Internacionais, como o de Campos do Jordão, Juiz de Fora e o Workshop L'Associazione Napolinova. Nestes cursos, teve a oportunidade de estudar com Arnaldo Cohen (EUA), Diana Kacso (EUA), Michael Uhde (Alemanha), Fany Solter (Alemanha), Saule Tatubaeva (Alemanha), Pavel Nerssessian (Russia), Sergei Dorenski (Russia) e muitos outros. Nascido na cidade mineira de Visconde do Rio Branco, Silas Barbosa iniciou seus estudos musicais no conservatório de sua cidade natal e concluiu o seu Bacharelado e Mestrado em piano pela Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Seus principais professores foram André Pires, Luiz Senise, Daniel Burlet e agora ele está sob a orientação de Myrian Daueslberg. Ele também é um pianista colaborador bastante requisitado e é representado internacionalmente pela Virtuosi Produções.

facebook Lugar do Desenho