30 nov 2019 | 16:00

CONCERTO DE PIANO — ISABEL PÉREZ DOBARRO

Sala de Exposições Temporárias | 3€

A Fundação Júlio Resende convida para o Concerto de Piano de Isabel Pérez Dobarro, a ter lugar no próximo sábado, 30 de novembro, às 16:00, na Sala de Exposições Temporárias.

I PARTE
El Puerto (Suite Iberia)
— Issac Albéniz
Cuatro Piezas para Piano
— Joaquín Rodrigo
Música Callada (vol.1)
— Federico Mompou
Interludio V. Homenaje a Mompou
— Miguel Bustamante
Almería (Suite Iberia)
— Issac Albéniz
Málaga (Suite Iberia)
— Issac Albéniz

II PARTE
Sein und Zeit
— Consuleo Díez
Muñeira
— Narcisa Freixas
Acrobacias
— Luis de Pablo
Serenata Española
— Joaquín Rodrigo
Fantasía Baética
— Manuel de Falla

Bilhete: 3€
Lugares sujeitos à lotação da sala


Isabel Pérez Dobarro é doutoranda na NYU Steinhardt, onde começou a ensinar aos 19 anos. Possui um curso de Estudos Profissionais da Manhattan School of Music, um mestrado da NYU Steinhardt e um bacharelato pelo Real Conservatório Superior de Música de Madrid.

Lecionou masterclasses no Conservatório Superior de Música de La Corunha, no Conservatório Manuel Peleteiro e na Universidade de Nova Iorque. Apresentou-se em recitais a solo e em concertos de música de câmara nos seguintes países: EUA, Rússia, Itália, Portugal, Bélgica, Argentina e Espanha. Foi premiada no Concurso Americano Internacional de Piano e Cordas (2.º Prémio), no Concurso Internacional Virtuoso (3.º Prémio), no Concurso Internacional da Cidade de Berga (1.º Prémio), no Concurso Internacional de Piano Cidade do Fundão (1.º Prémio); venceu ainda o Prémio Jorge Bolet (Distinguished Performer) e o Prémio do Festival Internacional de Piano de Stony Brook.

O primeiro CD de Isabel foi recebido com grande aclamação em Espanha; o seu segundo trabalho discográfico, em parceria com o violoncelista Antonio Martín, será publicado neste outono.

Além da sua carreira musical lidera o projeto UNSDSN-Youth Arts Twenty Thirty que combina as artes com a sustentabilidade. É também autora do projeto “Mujeres en Música”, uma iniciativa que promove a música das mulheres compositoras que são ignoradas nas salas de concerto nos EUA e em Espanha.

Encontra-se atualmente a estudar Relações Internacionais na Universidade de Harvard, onde previamente concluiu o programa Harvard Business CoreX. Foi selecionada como uma das galegas mais influentes em 2018 pelo jornal "El Correo Gallego”.



facebook Lugar do Desenho